BigProfiles

Utilities e Televendas: o futuro passa pela Inteligência Artificial

Condividi
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O setor energético e de serviços públicos modernos encontram-se em uma questão fundamental.A crise pandêmica e a guerra russa-ucrânia, com consequências que afetam a economia, colocam em reavaliação certas lógicas e uma virada decisiva para uma mudança que era temida por tanto tempo e que hoje é mais do que nunca necessária.

 

Em particular, as Utilities deverão focar na digitalização através do uso de novas tecnologias que sejam capazes de conduzi-las no futuro, como a Inteligência Artificial.

 

Nesse contexto, a IA é fundamental porque permite definir estratégias de vendas personalizadas e preservar uma boa relação da marca com os próprios consumidores, que representa sempre o asset de maior valor para o negócio, e juntamente a um branding forte e reconhecido pelo mercado, é a base fundamental para qualquer empresa que deseja posicionar-se como referência no seu setor de atuação.

 

 

O uso da Inteligência Artificial em operações de vendas telefônicas, que ainda hoje representam a melhor escolha para obter ótimos resultados em termos de vendas sem perder o contato direto com o consumidor, permitirá as Utilities ampliar uma gama de estratégias aplicáveis capazes de trazer benefícios, como por exemplo:

 

 

  • Oferecer o produto certo a cada cliente, atual ou potencial;

 

  • Prestar um serviço eficiente aos clientes que contatam ao SAC.

 

Não só aumentos de vendas e receitas, mas uma consequência de atividades e estratégias destinadas a melhorar a experiência com a marca capaz de inserir o cliente, atual e potencial, dentro de um mecanismo bem oleado no qual o cliente está sempre no centro.

 

Como é possível implementar a Inteligência Artificial no interno da própria empresa?

 

Graças à BigProfiles, a primeira Plataforma de Inteligência Artificial para Televendas, é possível implementar estratégias “data driven” que permitem as Utilities alcançar facilmente os próprios objetivos de venda sem colocar em risco e sem afetar a própria imagem da marca ou renunciar a possibilidade de proporcionar o melhor serviço ao próprio cliente.

Scroll to Top